Dicas DIRF 2011 – Retificação da Declaração

Caros leitores,

 

Hoje faremos alguns comentários sobre o programa DIRF 2011 que entendo que sejam bem interessantes, principalmente para quem está dentro na operação do sistema. São itens aparentemente simples, entretanto no calor do processamento, importação e retificação do arquivo podem dificultar e muito o trabalho pois impossibilitam a geração dos arquivos, fazendo com que o operador passe por maus bocados até descobrir onde está a falha, e digo isso por experiência própria.

Então, como eu já passei por esses momentos, vou compartilhar visando facilitar o trabalho de vocês, vamos lá!:

 

Tema: Retificar a declaração:

 

Dicas:

 

  • O Programa DIRF 2011 só pode gerar declarações referentes ao ano 2010 e 2011, para gerar declarações de anos anteriores usar o programa DIRF 2010;
  • A Dirf retificadora, que será elaborada com observância das normas estabelecidas, devendo dela constar não somente as informações retificadas, mas todas as informações anteriormente declaradas, inclusive as que não forem alteradas, assim como as informações a serem adicionadas, se for o caso.
  • Os códigos e beneficiários a serem excluídos não deverão ser informados.
  • A Dirf retificadora substituirá integralmente as informações apresentadas na
  • declaração anterior.Uma cópia de segurança pode ser restaurada no programa de origem. Ex: Cópia de Segurança 2009 – restaurar cópia de segurança com o programa DIRF 2009.
  • Atenção! Restaurar cópia de segurança é diferente de importar declaração.
  • Outra dica interessante é comparar os recibos da declaração que foi retificada com a declaração retificadora, os dados deverão ser necessariamente iguais aos valores ajustados quando da retificação;
  • É interessante que os arquivos das declarações sejam salvos em local seguro, de preferência em mídias não regraváveis. (CD, DVD).
  • É importante que após a entrega da declaração, toda a pasta DIRF 2011 seja salva evitando problemas com a cópia de segurança.
  • Acione a opção Cópia de segurança automática > Menu ferramentas > Cópia de segurança automática. Vai poupar sustos e tensões desnecessárias.

 

Breve mais dicas.

 

Fonte: Manual DIRF 2011, MAFON 2010.

About these ads

4 Comentários

Arquivado em Imposto de Renda, previdência complementar, retenção na fonte, regime regressivo, CSRF, IR Regressivo, EFPC, Fundos de Pensão, Lei 11.053

4 Respostas para “Dicas DIRF 2011 – Retificação da Declaração

  1. Maria Eliene da Silva

    Boa tarde!
    Qual o prazo para enviar uma DIRF retificadora.

    Obrigada,
    Eliene

  2. Danielle

    Sei que já passou uns meses após esse post, mas me sinto obrigada em dizer o quanto ele me ajudou, estava desesperada tentando importar a DIRF 2011 a qual tenho de retificar. Já estava preste a fazer toda a declaração novamente e corria em risco de esquecer algo,mas com a opçã cópia de segurança eu consegui abri o arquivo. Deixo aqui minhas considerações e obrigada.
    Danielle.

  3. andre

    nao estou sabendo como redificar socorro rsrs nao acho esta opção em lugar nehun estou com pendencia na minha declaração

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s